Logotipo SEEB/MR
Logotipo SEEB/MR

A greve nacional dos bancários 2016 é a maior da história

Publicado em
A greve nacional dos bancários 2016 é a maior da história

A greve nacional dos bancários 2016 é a maior da história. Ontem,  segunda-feira (19), décimo quarto dia de mobilização, 13.071 agências tiveram as atividades paralisadas, um recorde para a categoria. O número representa 56% do total de agências do Brasil. Estes números refletem a insatisfação dos bancários diante do descaso da Fenaban, que até o momento não apresentou uma nova proposta que atenda às necessidades da categoria. Os bancos insistem em propor um reajuste de 7% (índice abaixo da inflação) mais abono de R$3,3 mil, proposta esta já rejeitada pela categoria. O índice não repõe a inflação acumulada entre os meses de setembro de 2015 e agosto deste ano, que foi de 9,62%. Ou seja, perda de 2,39%.

Entre as reivindicações da categoria estão reposição da inflação do período mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$3.940,24 em junho), PLR de três salários mais R$ 8.317,90, combate às metas abusivas, ao assédio moral e sexual, fim da terceirização, mais segurança, melhores condições de trabalho. A defesa do emprego também é prioridade, assim como a proteção das empresas públicas e dos direitos da classe trabalhadora.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER