Logotipo SEEB/MR
Logotipo SEEB/MR

ATENÇÃO: entra em vigor nova tabela do IR com correção de 4,5%

Publicado em
ATENÇÃO: entra em vigor nova tabela do IR com correção de 4,5%

  A tabela vinha sendo corrigida em 4,5% desde 2007 e a previsão era acabar com o uso do percentual em 2010. Entretanto, no início de 2011, por meio da Medida Provisória nº 528, o governo resolveu aplicar o mesmo percentual até 2014. As deduções do imposto serão feitas nos salários pagos em 2014, mas valem para a declaração de Imposto de Renda de 2015. Na declaração que será feita este ano será usada a tabela de 2013.

De acordo com a tabela da Receita Federal, está isento do imposto quem ganha até R$ 1.787,77 por mês. A alíquota de 7,5% vale para quem recebe entre R$ 1.787,78 e R$ 2.679,29. De R$ 2.679,30 a R$ 3.572,43, a alíquota é de 15%. O percentual de 22,5% incidi nos salários de R$ 3.572,44 até R$ 4.463,81. E a alíquota de 27,5% é para quem percebe acima de R$ 4.463,81 por mês.
O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal tem alertado sobre a defasagem entre a tabela do Imposto de Renda Pessoa Física e a inflação. A defasagem deve ter fechado o ano de 2013 em 60%. Segundo o sindicato, várias pessoas que eram isentas, por causa da renda baixa, passaram a pagar o imposto. Enquanto a correção da tabela é 4,5%, a inflação de 2013, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, deve ficar em 5,73%. Para 2014, a projeção é 5,98%, de acordo com pesquisa do Banco Central.

A correção da tabela em 4,5% foi definida porque o governo estabeleceu o percentual como meta para a inflação anual.

 

Fonte: Agência Brasil com Contraf-CUT

ASSINE NOSSA NEWSLETTER