Logotipo SEEB/MR
Logotipo SEEB/MR

Coletivo Nacional de Saúde debate situação dos bancários

Publicado em
Coletivo Nacional de Saúde debate situação dos bancários

O Coletivo Nacional de Saúde da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), da qual a Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Fetraf RJ/ES) faz parte, se reuniu na última sexta-feira (17), para debater a situação atual das condições de trabalho e a saúde da categoria.

O principal ponto em discussão é o retorno dos trabalhadores do grupo de Risco da Covid-19.

Os dirigentes sindicais acreditam que uma eventual volta do grupo de risco, quando a situação esteja segura, somente deve ocorrer com a vacinação completa, com a realização de exames de retorno para avaliar as reais condições de saúde.

Protocolo de ambiente de trabalho seguro

Na reunião, foi discutida também a preocupação com as condições dos ambientes de trabalho para quem está de forma presencial. Foi debatido também a necessidade de intensificar a campanha de conscientização dos trabalhadores dos riscos trazido pela pandemia que demanda manter os cuidados, uso de máscaras e da importância da vacinação.

Mesa Permanente de Negociações

O Coletivo destacou a necessidade de retorno da Mesa Permanente de Saúde entre o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). O tema foi debatido inclusive na última Conferência Nacional dos Bancários.

De acordo com o coletivo, os serviços médicos dos bancos precisam mudar de postura e serem voltados para atender, acompanhar e garantir tratamento às pessoas e não ser um apêndice dos departamentos de pessoal e jurídico.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER