Logotipo SEEB/MR
Logotipo SEEB/MR

Em assembléia realizada nesta quinta, bancários aprovam proposta da Fenaban e decidem pelo fim da greve

Publicado em
Em assembléia realizada nesta quinta, bancários aprovam proposta da Fenaban e decidem pelo fim da greve

Em assembleia realizada na sede administrativa do sindicato, na tarde desta quinta-feira (06), bancários de Macaé e região aprovaram, por maioria, a proposta feita pela Fenaban, e assim terminar com a greve que iniciou no dia 06 de setembro.  A proposta ficou definida com reajuste nos salários de 8% mais abono de R$ 3.500 (pago uma única vez), reajuste de 15% para vale-alimentação e de 10% no vale-refeição e auxílio-creche/babá agora em 2016 e reposição integral da inflação pelo INPC, mais 1% de aumento real em 2017. 

"O reajuste de 8% não era o que queríamos porém se não fosse a nossa greve não teríamos conquistado nem isso e nem o aumento real para 2017", afirmou Wagner Figueiredo, presidente do Sindicato. Os bancos queriam nos derrotar em 6,5%. Em relação aos dias parados os banqueiros recuaram e todos os dias de greve serão anistiados para os trabalhadores que aprovaram a proposta nesta quinta-feira 6.

Os bancários ainda conquistaram a ampliação da licença-paternidade, que passará de 5 dias para 20 dias, a partir de 2017, quando o governo anunciar  o benefício fiscal.

No caso dos bancários do Itaú, junto com a primeira parcela da PLR e o abono, eles vão receber também a PCR.

Já os trabalhadores do HSBC conquistaram o pagamento da PLR pelo Bradesco para os meses de julho, agosto e outubro, que será creditada, a título de antecipação, 10 dias após a assinatura do acordo com a Fenaban, junto com o abono.  

Seeb Macaé

 

ASSINE NOSSA NEWSLETTER