Logotipo SEEB/MR
Logotipo SEEB/MR

Plenária debateu Campanha Nacional d@s Bancári@s

Publicado em
Plenária debateu Campanha Nacional d@s Bancári@s

A Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito do Paraná (Fetec-CUT/PR) realizou na noite desta quinta-feira (13) uma Plenária Virtual sobre a Campanha Nacional d@s Bancári@s. A presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Juvandia Moreira, juntamente com o presidente da Fetec-CUT/PR, Deonisio Schmidt, e o presidente do Sindicato dos Bancários de Curitiba, Antônio Fermino foram os responsáveis pela transmissão das informações e o debate sobre a campanha.

“Pela primeira vez, a categoria faz uma campanha em meio a uma pandemia. Temos mais de 105 mil mortes no Brasil, provocadas pela Covid-19. Isso não é normal. Mesmo assim, @s bancári@s conseguiram realizar uma conferência nacional por teleconferência. O mesmo aconteceu nas assembleias nos sindicatos, em todo o país. E a participação da categoria foi muito boa. Foi um excelente aprendizado para todos. Agora, é preciso que todos acompanhem as negociações. Por exemplo, é necessário que todos participem dos tuitaços que fazemos para mostrar nossa disposição de luta. Agora é hora de nos unirmos para defender nossas conquistas e fecharmos um bom acordo”, declarou a presidenta da Contraf-CUT, Juvandia Moreira.

Manutenção dos direitos

A campanha tem como prioridade a manutenção dos empregos e dos direitos, aumento real de salários, a defesa da mesa única e dos bancos públicos, além do aumento da Participação nos Lucros e/ou Resultados (PLR). Para Juvandia, esses eixos são importantes não só para a categoria, mas também para a sociedade. “São pontos que têm impacto positivo na economia e incentivam a retomada econômica do país”, ressaltou Juvandia.

“Na negociação desta terça-feira (11), eles tentaram impor para a gente o que eles chamam de agenda patronal. Eles querem a volta do rankeamento de metas, que está proibido na convenção coletiva de 2018. Também querem reduzir prazos para licenças médicas. Nós não aceitaremos redução de direito dos trabalhadores nessa campanha”, disse o presidente do Sindicato dos Bancários de Curitiba, Antônio Fermino.

Além da Campanha Nacional d@s Bancários, a plenária também discutiu o tema Pandemia e Trabalho, abordado por Marcio Kieller, presidente da Central Única dos Trabalhadores do Paraná (CUT-PR), e pelo assessor jurídico Nasser Allan. O tema Bancos Públicos foi discutido pela representante do Banco do Brasil nas negociações da Campanha Nacional, Ana Smolka, e pelo representante da Caixa Econômica Federal, Zelário Bremm.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER