Logotipo SEEB/MR
Logotipo SEEB/MR

Receita Federal recorre de multa perdoada de R$2,7 bilhões pelo Carf ao Itaú em 2017

Publicado em Itaú
Receita Federal recorre de multa perdoada de R$2,7 bilhões pelo Carf ao Itaú em 2017

Não contente em cobrar juros elevados, que geraram lucro líquido de R$ 24,9 bilhões em 2017 e mais R$ 6,28 bilhões nos primeiro três meses de 2018, os acionistas controladores do Itaú e do Unibanco, que se fundiram no final de 2008, não gostam de pagar impostos.

Isentos de Imposto de Renda sobre o capital próprio, reagiram à cobrança de R$ 26,6 bilhões em IR de Pessoa Jurídica e de Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) cobrado pela Receita no ganho de capital na fusão. Os acionistas recorreram em 2011 ao Conselho Administrativo de Recursos Fiscais. Em abril de 2017, o Itaú venceu esse processo numa das turmas do Carf e conseguiu deixar de pagar R$ 26,6 bilhões. Mas a Receita recorreu. O assunto depende de decisão da Câmara Superior.

As ações do Itaú Unibanco PN, com maior peso no Ibovespa, caíram 2,54% ontem.

Fonte: Jornal do Brasil

ASSINE NOSSA NEWSLETTER