Logotipo SEEB/MR
Logotipo SEEB/MR

Entregadores de aplicativos organizam greve na proxima quarta feira (01/07)

Publicado em
Entregadores de aplicativos organizam greve na proxima quarta feira (01/07)

Negando a figura de empreendedores que de fato não são, eles reivindicam direitos básicos, como alimentação durante o expediente, seguro de vida e vínculo empregatício com as empresas. A precarização do trabalho com a “uberização” é um dos cruéis resultados da desregulamentação trabalhista, combinada com as novas tecnologias, sob o predomínio do neoliberalismo. Os entregadores como microempreendedores individuais (MEI), precisam adquirir seus equipamentos de trabalho, como celular, moto, ou bicicleta, pagar despesas de plano de internet e combustível, e ficar aguardando os aplicativos chamarem para prestar o serviço. Como são terceirizados, um disfarce das reais relações de trabalho, não tem carteira assinada, garantias trabalhistas, previdência, seguro de vida e saúde, remuneração assegurada. Os aplicativos não tem responsabilidade com seus colaboradores, sujeitos ao risco permanente nas ruas, agravado na pandemia.

Fonte: Folha de São Paulo

 

ASSINE NOSSA NEWSLETTER